16/jun/2019

MPF entra com ação para barrar comentários discriminatórios contra as mulheres no Facebook


Por Robson Pires, em

O Ministério Público Federal no Rio de Janeiro entrou com ação civil pública contra o Facebook em razão da manutenção de comentários discriminatórios contra as mulheres na rede social. A ação, proposta pela Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão, pede, além da retirada dos comentários ofensivos, a adoção de providências voltadas a cumprir as Convenções da ONU.

Os conteúdos discriminatórios identificados pelo Ministério Público foram postados em resposta à enquete lançada por um usuário da rede social, indagando a idade em que as mulheres teriam “perdido a virgindade”. A empresa foi oficiada formalmente a se manifestar sobre a manutenção das publicações, e respondeu que os comentários não violam os Termos de Serviço e Padrões de Comunidade do Facebook. Por isso, não foram adotadas providências administrativas em relação às postagens.


Nenhum Comentário Até o Momento, Seja o Primeiro a Comentar!

Deixe o seu comentário!

Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!





Calendário

setembro 2020
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930