Ministro da Educação teme ser assassinado

O ministro contou a um interlocutor ter pedido a Bolsonaro para, caso ocorra a tragédia, que o capitão envie sua família ao exterior, de preferência rumo ao Canadá — também sabe-se lá por que. Reflexo do temor, de uns tempos para cá, um segurança armado tem sido visto na antessala de seu gabinete, no MEC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *