Penso, logo existo...

Ministério Público se posiciona pelo indeferimento da chapa de Flaviano Lisboa em Passa e Fica (RN)

O prefeito eleito Flaviano Lisboa (PDT), que venceu com apenas 50,68% ou 234 votos em um eleitorado de 8.305 votantes… Terá muita emoção até sua diplomação, isso se houver.

É que a questão da substituição do vice Ronildo do PDT, foi feita depois do prazo da Justiça Eleitoral. Está na mesa do juiz da 12ª Zona Eleitoral de Nova Cruz para suspender a possibilidade de sufragação de votos pela chapa formada pelo PDT, face à intempestividade do procedimento de substituição.

Na tarde desta quinta-feira (19), o Promotor Eleitoral Wilmar Carlos de Paiva Leite Filho deu parecer se manifesta pela Impugnação ao Registro de Candidatura – AIRC, com o consequente indeferimento do Registro de Candidatura do vice Ronildo do PDT e aplicação das consequências dele decorrentes. Isso afetará o resultado da eleição em Passa e Fica, no Agreste Potiguar.

Comentários (2)

  • Toninho Olyveira

    Achei a candidatura de Flaviano meio que um tipo de manobras para confundir os eleitores e complicar a vida do candidato a vice na chapa dele , ele foi desleal, imagina com a população o que pode acontecer, né isso ?

  • Ana Paula da Silva muniz

    Pois e verdade como ele poderia se canidato a prefeito se o prazo de resistra o vice tinha passado do prazo espero tomem providencia sobre isso q ser prefeito através de fraude .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *