Penso, logo existo...

”Lugar de criança é na escola e criminosos na prisão”, diz Fábio Faria

O estupro de vulnerável consumado aumentou 62% no Rio Grande do Norte no primeiro semestre de 2020 em comparação com o mesmo período do ano passado. Proporcionalmente, esse é o maior crescimento entre os estados do Brasil. O levantamento é do Monitor da Violência e mostra que nos primeiros seis meses do ano esse crime aconteceu 118 vezes no estado contra mulheres – no ano anterior foram 73. Os dados chamaram a atenção do ministro das Comunicações, Fábio Faria, que vem defendendo publicamente a volta às aulas. “Lugar de criança é na escola e criminosos na prisão”, destaca Fábio Faria. A defesa do ministro pelo retorno das aulas faz sentido. Segundo as autoridades de segurança, o aumento da violência pode ter sido impulsionado pelo isolamento social devido à pandemia, já que os principais agressores são parentes de primeiro grau das vítimas, agora com ainda mais contato e maior tempo com as crianças isoladas.

Robson Pires

Brasileiro Radialista e Jornalista!

Comentar

  • Alzira Zulmar Lira Rocha

    Concordo lugar de criança é na escola. Mas nas escolas públicas não temos condições de de receber essas crianças. Falar é fácil vem viver a realidade da escola pública.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *