Laudo da Polícia Civil diz que Carlos Augusto Maia foi alvo de abuso de poder da PRF em Caicó

Segundo despacho da delegacia de Polícia Civil de Caicó à Assembleia Legislativa, hoje (04), o deputado estadual Carlos Augusto Maia não cometeu abuso de poder durante abordagem sofrida por ele, no último sábado (1º). O veículo do parlamentar foi parado numa blitz da Polícia Rodoviária, sendo seu motorista levado a fazer o teste de alcoolemia. Contudo, ficou comprovado que o assessor não havia ingerido bebida alcoólica. Carlos Augusto se desentendeu com os policiais rodoviários, sendo o caso levado à Polícia Civil. O laudo da delegacia aponta abuso de poder policial, ou seja, por parte dos agentes da PRF. carlos1 carlos2

Robson Pires

Brasileiro Radialista e Jornalista!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *