28/fev/2018

Juiz marca para março julgamento de empresário acusado de matar fisiculturista paulista em Natal


Por Robson Pires, em

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte remarcou para o dia 7 de março, a partir das 8h no Fórum Miguel Seabra Fagundes, em Natal, o júri popular do empresário Alexandre Furtado Paes, acusado de matar a própria mulher, a fisiculturista paulista Fabiana Caggiano, de 36 anos. O crime aconteceu em dezembro de 2012 dentro de um hotel na capital potiguar. Alexandre deveria ter sido julgado em dezembro do ano passado, mas a sessão foi adiada porque o advogado dele faltou.

O advogado do empresário justificou a falta alegando que havia entrado com um pedido de adiamento do júri em razão da impossibilidade de comparecimento de uma testemunha de defesa, que é um médico legista paulista. Assim, segundo o juiz Geomar Brito Medeiros, titular da 2ª Vara Criminal de Natal, o advogado achou que não precisaria ir ao fórum. Pela falta, o magistrado disse que o advogado deverá ser multado.

Fabiana Caggiano foi morta por estrangulamento. Ela, o marido e a família dela passavam férias em Natal quando aconteceu o crime. Alexandre nega. Ele se defende dizendo que a mulher sofreu uma queda no banheiro.

Dono de uma academia de musculação na cidade de Osasco, em São Paulo, Alexandre Paes passou mais de 2 anos sendo procurado pela polícia. Ele foi encontrado e preso no dia 30 de novembro de 2015 em Ibiúna, na Grande São Paulo. Depois, foi trazido ao RN. Atualmente, está detido no Centro de Detenção Provisória de Parnamirim, na região metropolitana de Natal.

G 1 (RN)


Nenhum Comentário Até o Momento, Seja o Primeiro a Comentar!

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Terça, 13 de Novembro de 2018


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter



Calendário

novembro 2018
D S T Q Q S S
« out    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930