06/set/2019

Governo cria carteirinha digital em nome da “liberdade estudantil”


Por Robson Pires, em

Durante o lançamento da carteirinha digital estudantil pelo Ministério da Educação (MEC) nesta sexta-feira (06/09/2019), o presidente Jair Bolsonaro (PSL) afirmou que o documento, gratuito, vai “poupar trabalho” a entidades que emitem carteirinhas próprias. Atualmente, a principal é a União Nacional dos Estudantes (UNE).

Uma medida provisória foi assinada nesta tarde, no Palácio do Planalto, e será enviada ao Congresso. A “ID Estudantil” será disponibilizada nas lojas Google Play e Apple Store para estudantes da educação básica, profissional, tecnológica e superior, no prazo de 90 dias. Também será possível fazer a retirada do documento físico na Caixa Econômica Federal.

“Se podemos tê-la de forma gratuita, por que não? Inclusive, fiquei feliz também, que vamos poupar trabalho a uma minoria que representa os estudantes. Eles não vão ter que trabalhar mais. Afinal de contas, seu tempo laboral será zero. Não teremos mais uma minoria para impor certas coisas em troca de uma carteirinha. A liberdade estudantil é muito bem-vinda”, afirmou Bolsonaro.

“Essa medida de hoje, apesar de ser uma ‘bomba’, vamos assim dizer, é muito bem-vinda. Vem do coração. E vai ajudar, inclusive, a evitar que certas pessoas promovam nas universidades o socialismo”, prosseguiu o presidente (e foi aplaudido).

Assim como a carteirinha tradicional, o novo documento permitirá que estudantes paguem meia-entrada em shows, teatro, cinema e outros eventos culturais.


Nenhum Comentário Até o Momento, Seja o Primeiro a Comentar!

Deixe o seu comentário!

Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00
Segunda, 24 de Fevereiro de 2020


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!





Calendário

fevereiro 2020
D S T Q Q S S
« jan    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829