12/maio/2017

Fragilidades jurídicas na relação BC – bancos públicos


Por Robson Pires, em

Na semana passada, o Fundo Monetário Internacional (FMI) publicou um relatório que avalia a transparência da política fiscal no Brasil. Nesse documento, o FMI reconheceu que, apesar da vigência da Lei de Responsabilidade Fiscal, diversas deficiências institucionais relativas à falta de transparência em gastos do governo tiveram efeitos adversos sobre a qualidade da política brasileira.

Dois problemas institucionais podem ser especialmente destacados: (1) a fragilidade da relação entre Tesouro e bancos públicos, revelada pela prática das denominadas “pedaladas” fiscais, que foi base para um processo de impeachment no país; e (2) as falhas do desenho jurídico da relação entre Banco Central do Brasil (BCB) e o governo, notadamente no que se refere à forma de distribuição de lucros e a cobertura de perdas do BCB.


1 Comentário

  1. Jararaca disse:

    Benito Gama, foi rebatizado por Antônio Carlos Magalhães com sendo Benito Grana.

Deixe o seu comentário!

Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00
Quarta, 16 de Outubro de 2019


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!





Calendário

outubro 2019
D S T Q Q S S
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031