Penso, logo existo...

Desembargador Cornélio Alves determina suspenção da greve da UERN

cornelioDepois que os docentes da UERN definiram que continuarão o movimento paredista, o desembargador que recebeu a ação de ilegalidade movida pelo governo do estado, Cornélio, determinou a suspensão da greve, hoje (21). A diretoria da Associação dos Docentes da UERN (ADUERN) apresentou, durante a assembleia, a contraproposta feita pela categoria aos representantes do Governo. De acordo com a proposição, as categorias dariam uma margem de tempo para o ajuste financeiro das contas do Estado. O realinhamento referente ao acordo de 2014 seria realizado em duas parcelas, nos meses de maio de 2017 e maio de 2018.

Robson Pires

Brasileiro Radialista e Jornalista!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *