11/jul/2020

Decreto de Álvaro Dias deveria se chamar “Lei Dudu”


Por Robson Pires, em

A partir de hoje (11) “fica assegurado à pessoa com deficiência o direito a acompanhante ou atendente pessoal para ingresso em estabelecimentos comerciais em geral, no âmbito do Município de Natal”. O decreto do prefeito Álvaro Dias (PSDB) deve ser publicado numa edição extra do Diário oficial do Município de hoje (11). A medida é uma resposta ao caso envolvendo o desembargador Cláudio Santos e seu filho, Eduardo, que tem Síndrome de Down. Eles foram barrados quando tentaram entrar juntos numa loja do Sam’s Clube em Natal (RN).

Deveria se chamar a “Lei Dudu”.

Ah! Depois da “barbada” que ganhou repercussão na mídia, o desembargador Cláudio Santos recebeu um telefonema da Diretoria do Consumidor do Grupo BIG, pedindo desculpas. Mas, o Grupo Big emitiu uma nota afirmando que estava cumprindo um decreto de lei.


Nenhum Comentário Até o Momento, Seja o Primeiro a Comentar!

Deixe o seu comentário!

Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00
Terça, 11 de Agosto de 2020


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!





Calendário

agosto 2020
D S T Q Q S S
« jul    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031