11/maio/2020

Cultura de Natal (RN) como instrumento para enfrentar a pandemia


Por Robson Pires, em

A cultura é uma das áreas que mais recebe atenção da Prefeitura de Natal (RN) e mesmo com a estrutura da administração municipal voltada ao combate à pandemia da Covid-19, a Secretaria Municipal de Cultura segue atuando para movimentar o setor e oferecer à população boas opções de arte e lazer sem sair de casa. O projeto Cultura na Cidade é um deles. Lançado em abril pelo canal oficial da Prefeitura do Natal no Youtube (https://www.youtube.com/natalprefeitura), dá acesso a um rico acervo de shows nacionais, palestras, debates literários, DVDs e CDs de artistas potiguares, mostras, shows de humor, artes visuais e dança.

O conteúdo disponibilizado forma o conjunto com todas as produções e conteúdos nas áreas artísticas patrocinadas pela Prefeitura nos últimos anos, através de editais, leis de incentivo, Fundo Municipal de Cultura e eventos tradicionais realizados. “É um trabalho de resgate e valorização da nossa cultura. Ao longo dos anos valorizamos a produção local e colocamos a cultura em lugar de destaque. Temos um material de alta qualidade que vai agradar em cheio. É uma forma de deixar em evidência também os nossos cantores, compositores, artistas plásticos, atores, atrizes, dançarinos, grafiteiros e todos que militam na cultura”, define o secretário municipal de Cultura, Dácio Galvão.

A gestão municipal também lançou um edital de chamamento para que artistas possam, de forma colaborativa, também expor e divulgar seus trabalhos dentro do programa “Cultura na Cidade”. Um dos conteúdos disponibilizados foi cedido pela família do músico potiguar Tico da Costa.

A adoção das medidas de isolamento social teve um forte impacto na vida cultural da cidade. De uma hora para outra, muitos artistas se viram sem ter de onde tirar o sustento, em virtude da suspensão dos shows e apresentações. Atenta a essa realidade, a Secult articulou junto à Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas) um suporte na questão da segurança alimentar e suporte nutricional da classe artística. A Sociedade dos Amigos e Amigas do Beco da Lama e Adjacências (Samba) também está auxiliando esse trabalho de cadastramento dos artistas. Apoio que foi prestado ainda ao segmento dos Povos de Terreiro e praticantes de religiões de matriz africana da cidade.

A Prefeitura de Natal também já executa o planejamento visando ao término das medidas de isolamento social. Uma série de equipamentos culturais serão entregues em todas as regiões. O Espaço Cultural Jesiel Figueiredo, no Gramoré, zona norte, foi recuperado. O espaço tem sido um ponto forte de produção cultural nas áreas de Hip-Hop, Repente e palco para apresentações de Bandas de Garagem. O anfiteatro do local também passou por uma requalificação. A área também conta agora com painéis de grafite desenhando a por artistas natalenses.

Outro grande ponto de efervescência cultural recuperado pelo Prefeitura é o Espaço Cultural Ruy Pereira, na Cidade Alta. Histórico reduto da boemia natalense, o equipamento foi repaginado, ganhou novo passeio público, uma cobertura, painéis de grafite e um palco fixo. A Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) coordena esse trabalho.

“A cultura tem sido um forte indutor da nossa economia. Se pegarmos o período de novembro do ano passado até março deste ano, o setor fez circular mais de R$ 150 milhões na economia natalense. É uma marca expressiva. Esse período de pandemia não tem sido fácil, mas estamos trabalhando, e muito, para manter acesa a chama da cultura e da economia criativa da cidade”, destaca o secretário Dácio Galvão.


Nenhum Comentário Até o Momento, Seja o Primeiro a Comentar!

Deixe o seu comentário!

Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00
Segunda, 01 de Junho de 2020


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!





Calendário

junho 2020
D S T Q Q S S
« maio    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930