24/mar/2020

Coronavírus: o que fazer em caso de sintomas e quando procurar um médico?


Por Robson Pires, em

Diante da pandemia de coronavírus, o que não faltam são dúvidas. A orientação dos órgãos e profissionais de saúde é de que, em caso de sintomas gripais leves, as pessoas não procurem as unidades de saúde.

Isso porque, se for coronavírus, o tratamento será feito em casa e, muito provavelmente, não será feito o teste para comprovar a doença – que está sendo realizado apenas em pacientes graves. E, se não for coronavírus, a pessoa acaba exposta já que os hospitais são os locais de maior risco de transmissão e contaminação.

Então, o que fazer se apresentar tosse, dor de garganta ou febre? Nesses casos, a orientação da Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte é de que as pessoas acompanhem a evolução e procedam conforme algumas definições:

– Coriza + dor de garganta – permanecer em casa
– Coriza + dor de garganta + febre – ficar alerta em casa
– Coriza + dor de garganta + febre + tosse – procurar um Centro de Saúde, utilizando máscaras ou outra forma de proteção no rosto como por exemplo, um lenço;
– Coriza + dor de garganta + febre + tosse + falta de ar – procurar um serviço de urgência, utilizando máscaras ou outra forma de proteção no rosto,  como por exemplo,  um lenço;

Segundo o médico infectologista Carlos Starling, que integra o Comitê de Enfrentamento à Epidemia do Covid-19 em Belo Horizonte, nos casos em que a orientação é ficar em casa, o paciente deve tomar os mesmos cuidados que tomaria em uma gripe normal.

“A recomendação é tomar bastante líquido, fazer repouso e pode tomar algum anti térmico à base de dipirona ou paracetamol, pode fazer gargarejo com água morna, sal e limão ou usar pastilhas para eventual desconforto na garganta. Mas, o mais importante é ficar atento à dificuldade de respirar e também à febre alta e que não passa porque, nesses casos, é preciso procurar atendimento médico”, alertou.

Outro cuidado reforçado pelo infectologista é a realização do auto isolamento dentro de casa, para evitar de transmitir a doença, seja ela uma gripe ou o coronavírus aos demais moradores. “Especialmente, se o paciente mora ou convive com idosos ou pessoas diabéticas ou hipertensas, que formam o grupo de risco da Covid-19”.

Starling orientou ainda que, caso haja necessidade de auxílio médico, a população deve ir à  Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima de sua residência, ou, se o caso for mais grave, o paciente pode procurar uma Unidade de Pronto-Atendimento (UPA). Caso haja necessidade, os próprios profissionais de saúde farão o encaminhamento até um hospital.

A mesma orientação é adotada pelo governo de Minas que, por meio de nota da Secretaria de Estado de Saúde (SES),  recomenda que “o paciente, ao identificar os sintomas, deverá buscar a Unidade Básica de Saúde mais próxima. Ao chegar à UBS, deverá ser fornecido imediatamente ao paciente uma máscara cirúrgica e o mesmo deverá ser conduzido a uma sala isolada”.

No entanto, em coletiva concedida na última segunda, o próprio governador Romeu Zema (Novo) afirmou que o Estado já registrava falta de equipamentos de proteção individual, como máscaras.

Hospitais de referência no tratamento da Covid-19 

A Prefeitura de BH informou que mantém leitos para pacientes que necessitarem de internação por causa do coronavírus, sendo dez leitos de CTI na Santa Casa, no bairro Santa Efigênia, região leste da capital, e 20 leitos clínicos no Hospital Metropolitano Dr. Célio de Castro, no bairro Milionários, na região do Barreiro.

Também a Fundação Hospitalar de Minas Gerais (Fhemig) tem dois hospitais de referência no atendimento a vítimas da doença na capital mineira. São eles os Hospital Eduardo de Menezes, no bairro Bom Sucesso, na região do Barreiro, e Hospital Infantil João Paulo II, no centro.

Além disso, em entrevista coletiva transmitida pelas redes sociais na última segunda-feira (24), o governador Romeu Zema (Novo), informou que estuda montar leitos de campanha em Belo Horizonte. Um dos locais avaliados pelo governo do Estado é o Expominas, no bairro Gameleira, região oeste da capital.


Nenhum Comentário Até o Momento, Seja o Primeiro a Comentar!

Deixe o seu comentário!

Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00
Domingo, 29 de Março de 2020


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!





Calendário

março 2020
D S T Q Q S S
« fev    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031