Penso, logo existo...

Conab tenta regularizar estoques

Amanhã, 27 de março, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), realiza leilão eletrônico para a aquisição de 50 mil toneladas de milho em grão ensacado. Ao todo serão 33 lotes. O produto será adquirido para formação de estoque nos estados do Rio Grande do Norte, Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Sergipe, além de 1,7 mil toneladas para Minas Gerais e a mesma quantidade para o Espírito Santo. Podem participar dos leilões produtores rurais, cooperativas e comerciantes. No estado, os armazéns da Conab estão praticamente desabastecidos, com pouco mais de 1.700 toneladas do grão. Esses arremates serão importantes”, afirmou o secretário de Política Agrícola do Mapa, Neri Geller, para auxiliar os pequenos produtores nordestinos que sofrem com a falta de chuvas na região”. Este primeiro leilão, segundo ele, será uma espécie de avaliação. No entanto, até a próxima semana a Companhia já deve lançar novo edital para comprar mais 100 mil toneladas. O governo aprovou a aquisição de 300 mil toneladas do produto, em caráter excepcional. Em 2012, mais de 148 mil operações resultaram na compra de 602 mil toneladas do cereal pela modalidade de venda de milho em Balcão.Em virtude da indisponibilidade da frota de caminhões e carretas para o transporte do milho do Centro-Oeste do país para o Rio Grande do Norte, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), hoje, só dispõe de 1.700 toneladas do grão, a ser vendido a preços subsidiados aos agricultores, que estão com dificuldade de alimentar o rebanho por causa da estiagem. Da Tribuna do Norte

Robson Pires

Brasileiro Radialista e Jornalista!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *