Penso, logo existo...

Cinco internautas são indiciados por divulgarem imagens de mulher morta

whatsA Delegacia de Polícia Civil de Monte Alegre concluiu ontem o primeiro inquérito pelo crime de vilipêndio de cadáver do Rio Grande do Norte. A investigação resultou no indiciamento de cinco pessoas responsáveis por compartilhar e replicar, no Facebook e aplicativo do WhatsApp, fotos e vídeos de Michelle Maria da Cunha Custódio de Barros, vítima de acidente de trânsito fatal, ocorrido em 15 de maio passado. Segundo informações repassadas pela Polícia Civil, foram indiciados: Natália da Silva Galvão, José Eduardo de Oliveira, Cícero Batista da Silva, Janilson Gomes da Silva e Saulo Costa Barbosa de Santana. O vilipêndio de cadáver é considerado crime contra o respeito aos mortos, previsto no artigo 212 do Código Penal Brasileiro.

Robson Pires

Brasileiro Radialista e Jornalista!

Comentar

  • Marcela de Oliveira Costa

    Pense numa insanidade da Policia de Monte Alegre. No dia desse acontecimento eu passei no local.Parei o carro e ficamos ´por quase 01 hora aguardando a policia chegar e interditar o local. Todos fotografavam, faziam videos, mas não com o intuito de vilipendiar o cadáver, mas chamar atenção para o fato do acidente ter sido ocasionado por uma cratera na pista que dá acesso a Monte Alegre.Pessoas começaram a apostar fotos, e marcar outras em linha do tempo do facebook. Esses que foram indiciados NÃO estavam no local.Não fotografaram.As fotos foram colocadas em suas respectivas linha do tempo. NÃO HOUVE NADA QUE corrobore para o entendimento que houve ofesna ao cadaver. Palhaçada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *