03/jan/2017

Cientistas descobrem mecanismos que causam versão mais grave da TPM


Por Robson Pires, em

TPMPesquisadores dos Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos (NIH) descobriram os mecanismos moleculares que podem estar por trás do Transtorno Disfórico Pré-menstrual (TDPM), menos comum do que a Tensão Pré-menstrual (TPM), mas muito mais grave.

Formalmente reconhecido pela medicina apenas no início dos anos 2000, este tipo de transtorno pode provocar irritabilidade incapacitante, depressão, sentimentos de falta de esperânça, insônia, falta de apetite e outros sintomas que perturbam o dia a dia. A maioria deles é semelhante aos sintomas da TPM, mas mais intensos. O TDPM afeta de 2% a 5% das mulheres em idade reprodutiva nos dias que antecedem a menstruação.

— Nós encontramos um gene suspeito de ter uma expressão desregulada. Isso aumenta a evidência de que o Transtorno Disfórico Pré-menstrual é um distúrbio e uma resposta da célula ao estrogênio e progesterona — diz Peter Schmidt, do Instituto de Saúde Mental e Endocrinologia Comportamental do NIH. — Aprender mais sobre esse complexo genético mantém a esperança de melhorar o tratamento de tais distúrbios do humor.


Nenhum Comentário Até o Momento, Seja o Primeiro a Comentar!

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Segunda, 22 de Outubro de 2018


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter



Calendário

outubro 2018
D S T Q Q S S
« set    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031