Penso, logo existo...

“CAERN deverá retomar de imediato o rodízio na distribuição”, diz presidente do CBH

rio1 O presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Piancó/Piranhas/Assú, agrônomo Procópio Lucena, visitou na manhã de hoje (12) o trecho de captação de água pela CAERN, no município de Jardim de Piranhas. “Dias atrás registrei o rio quase seco e as pessoas utilizando galões, carroças, bicicletas, carro-pipa e depósitos diversos na cabeça transportando água para suas necessidades. Hoje encontrei as pessoas tomando banho e jogando bola dentro do rio com água suficiente apenas o abastecimento das cidades. Dois extremos que podem e devem ser evitados”, disse Procópio. rio2 Na régua onde estão localizadas as bombas de captação de água da CAERN, às 10h de hoje, estava medindo 1,03 m. Suficiente para ligar as três bombas: Jardim de Piranhas com vazão de 160 m³\h e as outras duas para Caicó e Timbaúba dos Batistas com vazão de 396 m³\h. “Contudo, não temos água em abundância e poderá faltar a qualquer momento. Portanto, entendo que a CAERN deverá retomar de imediato o rodízio na distribuição, pois o sistema Coremas/Mãe d’Água Coremas a cada dia fica mais limitado no seu volume d’Água”, continuou o presidente do CBH. rio3 Procópio reforçou que a existência desta água na captação “é fruto de muito diálogo, negociações, trabalho e entendemos envolvendo o comitê, ANA, Governos do Rio Grande do Norte (Semarh, Igarn e CAERN), Paraíba (AESA e CAGEPA), Ministério Público Federal e Estadual, gestoras municipais, usuários e a sociedade civil”. A última ação para limpeza emergencial do Rio Piranhas, trecho Jardim/São Bento, onde várias negociações foram construídas pelo comitê e prevaleceu o entendimento entre órgãos gestores nacionais e estaduais de recursos hídricos e ambientais, MPF, MPE, gestores municipais e sociedade. A limpeza do rio fruto deste acordo foi fundamental para garantir até o momento água disponível para atender o abastecimento das cidades de Caicó, Jardim e Timbaúba.

Robson Pires

Brasileiro Radialista e Jornalista!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *