27/out/2019

Brasil tenta atrair empresas estrangeiras para operar voos domésticos


Por Robson Pires, em

O governo brasileiro quer atrair companhias aéreas estrangeiras para operar voos domésticos no país, e terá conversas com ao menos três empresas, disse neste domingo (27) o secretário nacional de Aviação Civil, Ronei Glanzmann.

“Vamos conversar com a Jet Blue, vamos conversar com a Volaris, um grupo mexicano […] vamos conversar com a Sky Airline, que é chilena”, disse Glanzmann em entrevista durante o Alta Airline Leaders Forum, uma conferência da indústria, em Brasília.

“São conversas para introduzir o Brasil para eles, elas não significam que as companhias estão dizendo que virão para cá”, acrescentou o secretário.

Glanzmann disse que as reuniões com a Volaris e a JetBlue Airways devem ocorrer na segunda-feira (2).

Um representante da Sky disse que a companhia cancelou sua participação na conferência Alta por causa dos protestos no Chile, mas não quis comentar sobre a reunião com o governo brasileiro. A Jet Blue e a Volaris não responderam de imediato a pedidos de comentário.

Recentemente, o governo começou a trabalhar por mais abertura do mercado brasileiro de aviação, que é o maior da América Latina. O presidente Jair Bolsonaro autorizou que companhias estrangeiras se instalem no segmento doméstico.

Hoje, o mercado de aviação doméstica brasileiro encontra-se altamente concentrado em três companhias — Gol, Latam e Azul.

Até este ano, havia uma quarta empresa, a Avianca Brasil, mas a empresa encerrou suas operações em maio, depois de entrar com um pedido de recuperação judicial no fim do ano passado, num alerta sobre o risco e a volatilidade de operar no Brasil.


Nenhum Comentário Até o Momento, Seja o Primeiro a Comentar!

Deixe o seu comentário!

Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00
Quarta, 11 de Dezembro de 2019


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!





Calendário

dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031