21/maio/2020

Bolsonaro obtém apoio de governadores para impedir reajuste salarial de servidores


Por Robson Pires, em

Em uma reunião marcada pelo tom conciliador, o presidente Jair Bolsonaro recebeu apoio de governadores para vetar, no projeto de socorro a estados e municípios, o trecho que autoriza reajustes para servidores públicos. A medida de ajuste foi incluída no texto original sugerido pelo governo, mas desidratada no Congresso. Bolsonaro afirmou que sancionará a lei, com o veto, o mais breve possível. Com isso, o funcionalismo de União, estados e municípios terão os salários congelados até 2021. Bolsonaro afirmou que o congelamento de salários é o remédio menos amargo.

A fala do presidente foi apoiada pelos gestores locais, que participaram por videoconferência. Todos os 27 administradores estavam presentes.

Em nome da maioria, o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), disse que os gestores apoiam o veto à possibilidade de aumento para servidores.

— A maioria dos governadores entende importante vetar esse aumento para os servidores. Nós todos também estamos dando uma cota de sacrifício. É um momento ímpar da história do nosso país — disse ele.


1 Comentário

  1. M.D.R. disse:

    Aqui no ESTADO do RN,a GOVERNADORA DO PT,ñ faz diferença em relação ao “CONGELAMENTO DE SALÁRIOS” já vem dos EX-GOVERNADORES: ROSALBA, ROBINSON FARIA e a GOVERNADORA do PT, já confirmou o congelamento de salários desde do ano passado. Ñ é supresa o PT, derrubar os direitos dos trabalhadores.

Deixe o seu comentário!

Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00
Quarta, 03 de Junho de 2020


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!





Calendário

junho 2020
D S T Q Q S S
« maio    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930