26/set/2019

Ausência de advogado Marcelo Galvão na Lista Tríplice do TRE-RN causa estranheza nos bastidores da Justiça Eleitoral


Por Robson Pires, em

Nos bastidores da Justiça Eleitoral potiguar, antes da sessão do Pleno do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN), na última quarta-feira, 25, que definiu os nomes para a Lista Tríplice de juiz efetivo do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RN), a relação dos escolhidos era dada como certa entre advogados que transitam na Justiça Eleitoral com os nomes dos advogados: Fernando Jales, encabeçando a lista, Wlademir Capistrano no 2º lugar e Marcelo Galvão fechando a nominata que seria enviada para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e em seguida para o presidente Jair Bolsonaro fazer a escolha.

Porém, na hora da votação, Marcelo Galvão foi substituído por José Willamy de Medeiros Costa, que ficou com a terceira vaga, o que causou certa estranheza no meio jurídico. O que teria acontecido nas última horas para que houvesse a troca?

Enquanto Fernando Jales e Wlademir Capistrano foram escolhidos à unanimidade pelos desembargadores do TJ, para a terceira vaga os desembargadores se dividiram, vencendo José Willamy por maioria de votos.  Os desembargadores Cláudio Santos e Expedito Ferreira votaram na advogada Fabiana de Souza Pereira para o terceiro lugar. E o desembargador Dilermando Mota votou na advogada Rommy Christine para esta mesma posição na lista. Enquanto o advogado Marcelo Galvão não chegou a receber qualquer voto, deixando o mistério no meio jurídico do que teria acontecido.


Nenhum Comentário Até o Momento, Seja o Primeiro a Comentar!

Deixe o seu comentário!

Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00
Sexta, 17 de Janeiro de 2020


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!





Calendário

janeiro 2020
D S T Q Q S S
« dez    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031