28/out/2019

Assassinato de doutor Carlindo completa 52 anos


Por Robson Pires, em

Há 52 anos, no dia de hoje, eram assassinados friamente por dois pistoleiros profissionais, o jovem médico caicoense Carlindo Dantas, tendo também como vítima, o empresário Anibal Macedo que estava em sua companhia, em frente ao Caicó Tennis Club (atualmente tem alguns comércios, em frente ao Banco do Brasil).

O dia de hoje, meio século atrás, foi data dentre outros tantos assassinatos ocorridos na cidade de Caicó na década de 60 do século XX, que marcava Caicó como uma cidade violenta e determinada por uma máfia que culminará seus episódios com muito sangue.

Nalguns poucos registros que encontramos, tais como: “Caicó de 1968, Francisco Medeiros (Burra Cega), e um Artigo na Coluna de Woden Madruga, de uma Carta do Dr Paulo Bezerra, contemporâneo de GDS e amigo do Dr Carlindo”. Ambos, falam pouco, mas com objetividade sobre o caso.

Há um livro específico sobre o assassinato de Carlindo, do autor Ítalo Pinheiro, porém, ainda não o li. Certamente, creio que os caicoenses devem sim ter conhecimento dessa época que iniciou-se um catálogo de mortes a partir do assassinato do Médico Dr Onaldo Pereira de Queiroz. Segundo a carta do Dr Pedro Bezerra, haviam suspeitas que este assassinato teria sido em virtude da vingança de um Soldado da Polícia que havia perdido sua esposa num procedimento médico realizado por Onaldo. Mas, ainda segundo narrou Dr Pedro Bezerra, havia encontrado o Dr Carlindo Dantas em Natal, onde o comprimentou e após um curto dialogo o levou à Assembleia Legislativa, aonde Carlindo exercia o mandato de Deputado Estadual, no percurso, narrou que Carlindo havia dito que estar em sua companhia era perigo, já que o Cel Bento Medeiros, o apontava como suspeito pela morte do Dr Onaldo com quem tinha um desafeto.

No mesmo dia e a mesma hora, era também assassinado o empresário Anibal Macedo, que estava em companhia de Carlindo. Meu pai (Ze Cambota) foi por anos choffer de Anibal, compadres, amigos, papai me falava um pouco sobre esta história, dizia com tristeza, sempre a ter Anibal como um grande amigo e bom homem que não merecia a morte. Papai dizia, que Anibal não tinha desafetos, que havia morrido por se encontrar no lugar, e na hora errada. A memória desta triste história, também marcada pela morte cruel que teve de um filho de Anibal, que marcava Caicó como uma cidade muito violenta, em plena década de 60.

As mortes de Onaldo, Carlindo, Anibal, Pedro Militao, dentre outras, figuraram que impetrava na cidade de Caicó uma máfia “dentre médicos e a política”. Tempos, que ficaram para trás, porém, marcados nas famílias que ainda vivem essa trágica e triste memória. E que serve como uma reflexão, na condução dos dias atuais e futuros da nossa cidade. Que se mantém dominada pelo eixo do poder das famílias Costa, Torres e Dias. Que, sabe Deus, o quanto essa gente detém poder e até onde são capazes de fazer para se perpetuarem.

Nos dias atuais, o túmulo do Dr Carlindo, no cemitério público do Campo Jorge, tem sido lugar de peregrinação e deposito de peças em gratidão por milagres. Há, espíritas, que atribuem ações de cura física de doenças a falange do Dr Carlindo Dantas. Eu mesmo, Rômulo Targino, tenho uma fé específica e gratidão por um milagre que creio ter ocorrido em minha vida, por intercessão da falange do Dr Carlindo Dantas.

Hoje, 28 de outubro de 2019, quando estou Pré Candidato à Prefeito de Caicó. Me vejo a dificuldade de enfrentar esta batalha, a temer pela história de poder e ódio existentes na política da nossa cidade, quando sou um homem pobre, da paz e ingênuo a maldade alheia. Entrego a minha caminhada a Deus, a Santana e a inspiração de Carlindo Dantas, que, como narrou o Dr Pedro Bezerra: “quando ele derrubou a parede de taipa de uma pobre casa sertaneja para que, pela abertura entrasse a luz dos faróis do seu carro e pudesse assim alumiar o parto que fazia. A mulher, paupérrima de si mesma, estava ali deitada sobre o lençol, estendido no chão entregue aos poderes de Deus e as mãos laboriosas de um médico”. Ação em prol dos pobres, num fato verídico do Dr Carlindo, num parto.

Da política, da caridade e hoje a fé. Salve Dr Carlindo de Souza Dantas em sua memória.

Por: Rômulo Targino dos Santos.

Caicó, RN – 28 de outubro de 2019.


3 Comentários

  1. BETANIA DE SOUZA DANTAS disse:

    Sr. Targino, toda lembrança quanto a Carlindo de Souza Dantas é válida. Deixe que não misture fé com política. Já usaram o nome dele por demais. Ainda mais quando as pessoas usam para politicagem. Tenho dito.

  2. Augusto Rocha disse:

    Nada a ver querer usar a história de Dr Carlindo pra tentar se promover perante o povo , lamentável estratégia de alguém quer tenta ser um político.

  3. Italo Pinheiro Filho disse:

    Caro Robson,
    Mande o seu endereço, que lhe envio um exemplar. Na verdade, é mais que um livro, é uma verdadeira história sobre a cidade de Caicó de 50 anos atrás.
    É muito mais que um livro, é uma peça, uma verdadeira aula de Direito. Abs

Deixe o seu comentário!

Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00
Sexta, 13 de Dezembro de 2019


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!





Calendário

dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031