Penso, logo existo...

Após defesa de Lula periciar sentença, Ajufe condena ataque contra Hard

A Ajufe (Associação dos Juízes Federais do Brasil) saiu em defesa da juíza Gabriela Hardt, da 13ª Vara Federal de Curitiba, após os advogados do ex-presidente Lula enviarem a decisão em que ela condenou o petista no caso do sítio de Atibaia (SP) para exame pericial.

“A Ajufe vê com preocupação os ataques desferidos contra a magistratura federal e, em especial à mencionada juíza federal, por defesas que se sentem contrariadas por decisões judiciais”, diz a entidade em nota.

Segundo a associação, as decisões tomadas por Hardt “são devidamente fundamentadas em consonância com a legislação penal brasileira e o devido processo legal”.

O parecer da defesa de Lula foi feito pelo Instituto Del Picchia. O laudo sustenta que a juíza aproveitou “o mesmo arquivo de texto” usado pelo colega Sergio Moro no caso do tríplex.

Ele aponta similaridade na formatação dos dois textos e o que chama de lapsos de Hardt, que chegou a copiar trecho do caso do Guarujá na penúltima página de sua sentença, reproduzindo referência a um “apartamento”.

O material será anexado a recursos que os advogados vão apresentar ao TRF-4 e a tribunais superiores. A assessoria da Justiça Federal do Paraná foi procurada, mas disse que Gabriela Hardt não iria se manifestar.

FOLHAPRESS


Robson Pires

Brasileiro Radialista e Jornalista!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *