Penso, logo existo...

Agripino lamenta manutenção dos direitos políticos de Dilma

agripino_dilma O presidente nacional do Democratas, José Agripino (RN), lamentou que o Senado Federal tenha mantido, nesta quarta-feira (31), por 42 votos a favor, 36 contra e três abstenções, os direitos políticos da agora ex-presidente Dilma Rousseff. Eram necessários 54 votos favoráveis para que a petista ficasse inabilitada para exercer função pública. Para o parlamentar pelo Rio Grande do Norte, os votos que favoreceram Dilma nada mais foram do que uma espécie de “dízimo” pago por aqueles que mantinham uma relação com o governo do PT. “Algumas pessoas pagaram um dízimo da relação pretérita que tinham com o governo que acabou”, destacou. “A sociedade esperava que o fato fosse apreciado e os culpados fossem punidos por inteiro. Não dá para entender que um prefeito ou um governador, que aja de maneira semelhante, perca o mandato e os direitos políticos, mas a presidente da República, por razões que o Senado definiu, só perde o mandato e não os direitos políticos”, acrescentou.

Robson Pires

Brasileiro Radialista e Jornalista!

Comentários (2)

  • Esse tá reado, se elege nunca mais, vai perder pra Rosalba feio, já era pra ser banido da politica há tempo. estamos te esperando JAJÁ, pra te dizer jájá vai tarde.

  • 2018 vem aí é nós vamos te casar Jaja , já era pra ter ido o bom é que o rio grande do norte vai banir ums políticos que não nos representa, só interesse próprio, c o senador Zé agripino

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *