Penso, logo existo...

A estranha matemática do TRE, elege dois vereadores em Caicó (RN)

Partidos não alcança o quociente eleitoral mas elege vereadores em Caicó (RN).

As regras do TSE determinam que para um Partido Político eleger um candidato a vereador, tem por obrigação alcançar o quociente eleitoral, sem essa possibilidade fica de fora para o preenchimento de vagas para o legislativo municipal.

Na cidade de Caicó (RN), o quociente eleitoral para a eleição proporcional, foi da ordem de 2.248 votos, mas os partidos PL e Solidariedade, obtiveram apenas 1.834 e 1.808 respectivamente, elegendo com essa estranha matemática do TSE, um vereador para cada legenda partidária.   


Robson Pires

Brasileiro Radialista e Jornalista!

Comentários (4)

  • Matheus Oliveira

    Boa tarde Robson. Existem os votos residuais dos partidos. A partir de certa colocação, o eleitorado restante não completa o valor inicial. A matemática está certa.

  • O mesmo caso aconteceu na cidade de Campo Grande, onde o PT não obteve o coeficiente eleitoral, mas elegeu um vereador para a Câmara Municipal. Matemática mais que estranha.

  • Essa regra foi alterada.
    Os partidos que não atingirem o QE, poderão concorrer nas vagas das médias (sobras).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *