Nos órgãos mais cobiçados, desvios somam R$ 1,3 bi

corrupção Nos órgãos mais cobiçados, desvios somam R$ 1,3 biDeu no Josias de Souza

Auditorias e tomadas de contas feitas pela Controladoria-Geral da União revelam: Os dez órgãos mais disputados por PT e PMDB produziram desvios de R$ 1,3 bilhão. O monturo de irregularidades refere-se a um período de quatro anos (2007-2010). Dado o volume e a reiteração, os desvios eliminam até o benefício da dúvida.

O governo deveria aproveitar as auditorias como oportunidade para a higienização. Porém, os malfeitos convertem-se em oportunidades que os partidos aproveitam.

Aos exemplos: Fundo Nacional da Saúde (irregularidades de R$ 663 milhões), Funasa (R$ 486,6 milhões), INSS (R$ 87,3 milhões), Correios (R$ 21,12 milhões), INCRA (R$ 31,4 milhões), EMBRATUR (R$ 14,4 milhões suspeitos) e Conab (R$ 13,6 milhões).

2 respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

fevereiro 2021
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28  
Categorias