Nordeste castigado pelas chuvas. São 30 mil desabrigados só no Piauí

Pelo menos 30 mil pessoas estão desabrigadas em 30 municípios do Piauí em decorrência das chuvas dos últimos dias. Cinco cidades já decretaram estado de calamidade pública. Em Teresina, os rios Parnaíba e Poty transbordaram. O prefeito Silvio Mendes (PSDB) decretou estado de alerta máximo diante do aumento do nível da água do Rio Poty, o maior desde 2004.

O governador Wellington Dias anunciou ontem que homens do Exército vão atuar a partir de hoje, especialmente nas cidades mais afetadas: Barra, Esperantina, Caxingó e Pirapuruca.

As chuvas também provocaram transtornos no Maranhão, no Ceará e na Bahia. Pelo menos 39 municípios maranhenses tiveram problemas por causa das enchentes. Há 29 cidades em situação de emergência e uma em estado de calamidade pública: Monção, a 240km de São Luís. Na capital maranhense, parte de um casarão no Centro desabou ontem. É o terceiro prédio atingido neste ano. Outros 35 estão ameaçados.

São Luís teve o abril mais chuvoso dos últimos 24 anos. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), foram 707,6 milímetros de chuva, quando a média do período é de 472,6 milímetros. Pelo menos 85 mil pessoas foram atingidas em outros municípios e seis rodovias federais estão com o tráfego prejudicado.

No Ceará, 52 cidades sofrem com as enchentes. Quatro pessoas morreram e, segundo a Defesa Civil, até sexta-feira passada havia 5.892 desabrigados.

2 respostas

  1. Robson a situação por aqui no RN também não é das melhores viu? Só na sexta feira 12% da população de Alto do Rodrigues já estava desabrigada e a situação piorou e muito no fim de semana, no baixo Assú mais uma vez os produtores rurais perderam tudo e as águas continuam subindo dessa forma a situação que já é ruim deve ficar ainda pior!
    A governadora se reuniu com uma representante nacional da defesa civil, mas só reunião não vai resolver nada tem que agir e rápido!

  2. Pois é, caro Robson! Algum tempo atrás alguém poderia questionar e achar que você estava brincando fazendo uma postagem falando do prejuízo causado pelas chuvas, afinal a idéia que se tem do Nordeste é, miséria, peste e fome.
    Mas, tragédias são anunciadas a cada dia, construções irregulares próximos aos cursos de água, desmatamento, poluição de rios, etc. É o progresso que insiste em desafiar a natureza, o balanço final é desastroso, catastrósfico, e, o tal do aquecimento global pode ter efeitos ainda mais devastador, ou seja, ao invés de seca no Nordeste pode-se chuvas torrenciais alarmantes. Com a palavra a mãe natureza.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

abril 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  
Categorias