‘Não há a menor possibilidade de eu renunciar ou me licenciar’, diz Cunha

Alvo de investigações do Ministério Público por suspeita de envolvimento com o esquema de corrupção que atuava na Petrobras, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), afirmou nesta quarta-feira (7) que “não há a menor possibilidade” de ele renunciar ou se licenciar do cargo.

O Ministério Público da Suíça informou nesta terça-feira (6) à GloboNews que comunicou ao presidente da Câmara sobre o congelamento das contas que, supostamente, ele e a família dele mantinham no país europeu. Na última quarta-feira (30), os procuradores suíços enviaram ao Brasil os autos da investigação de Cunha por suspeita de lavagem de dinheiro e corrupção passiva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes

agosto 2022
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Categorias

O estrondo do trovão

A vereadora Mara Costa vai dar um ‘arrocho’ no prefeito de Caicó Robson Batata Araújo. Preparou um requerimento solicitando a prefeitura municipal cópia integral do processo

Leia Mais