Não foram encontrados remédios vencidos no Hospital Regional de Caicó

chico-gregorio-novaUma comissão de vereadores formada por Leleu Fontes, Miltão Batista e Almir Filho esteve reunida na manhã desta quarta-feira (22), com o diretor do hospital regional do Seridó (antigo SESP), Francisco Gregório (na foto).

Na reunião foram abordados diversos assuntos relacionados aquela unidade de saúde.

Francisco Gregório disse no hospital são feitos mais de 2 mil atendimentos no Pronto Socorro por mês, onde o SUS (Sistema Único de Saúde) banca mil atendimentos, e fica um déficit de mil atendimentos que é custeado pela Associação dos Municípios do Seridó (AMS).

A AMS repassa mensalmente cerca de 20 mil reais para as despesas do hospital. Já o governo do estado, não repassa nenhum centavo (em espécie) para o hospital, porém o governo banca alguns materiais, como alimentação e medicamentos, além de grande parte da folha de pagamento.

Ainda segundo Francisco Gregório, cerca de 25 profissionais lotados no hospital, dão expediente em outros órgãos (como o CRIS e Hospital do Seridó). Além da grande preocupação com os 33 funcionários da empresa Líder (responsável pela higienização do Hospital), que estão de aviso prévio. E com o impasse da licitação para contratação, por parte do governo do Estado, dos funcionários. Deverão deixar de trabalhar e com isso ocasionará o fechamento do hospital.

Já com relação ao armazenamento de medicamentos, o Hospital Regional possui um rigoroso processo de armazenamento de medicamentos, que através da Dra. Marcela é sinal de modelo para todo o RN. Que solucionou de vez, com problemas de validade dos medicamentos.

Ficou acertado, que a comissão de vereadores, irá solicitar uma audiência pública no Centro de estudos e Debates da Câmara para debater a questão de saúde em Caicó, onde serão convocados o secretário municipal de Saúde, Nildson Dantas, representante do Hospital do Seridó, Joseane Santos, representante do Hospital Regional, Chico Gregório, representante da IV URSAP, Dra. Sandra Costa, além de representantes dos médicos e sindicatos relacionados a saúde, todos para debates os problemas e procurar encontrar soluções para o setor da saúde em Caicó.

Por Suébester Neri

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

abril 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  
Categorias