Mutirão de conciliação em Monte Alegre reduz demanda reprimida dos Juizados Especiais

A Coordenação dos Juizados Especiais (JEs) do Tribunal de Justiça, em parceria com o Fórum de Monte Alegre, realizou mais um mutirão de conciliação que visou o enfrentamento da demanda reprimida de processos. Ao todo, foram 53 audiências realizadas, entre cíveis e criminais. As conciliações geraram um montante de R$ 15,8 mil em acordos.

As audiências foram realizadas pelos servidores Cláudio Viana, assessor de Planejamento Estratégico dos JEs, e pelo conciliador Ticiano Marques, da Comarca de Monte Alegre. De acordo com Viana, o objetivo foi atender o maior número possível de cidadãos que aguardavam as audiências há meses. Surtiu efeito positivo, contribuindo para a redução do número de feitos pendentes e a nossa intenção é realizar outras ações desse tipo para enxugar totalmente a pauta, frisou Marques.

O juiz de Monte Alegre, Marcos Sampaio, afirmou que o mutirão de conciliação foi uma forma de compensar as comarcas com carência de servidores e com uma demanda de trabalho crescente. Esse apoio é importante como compensação porque ajuda a desafogar a pauta, explicou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

janeiro 2022
DSTQQSS
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031 
Categorias

Não tem mais desculpa

Os municípios brasileiros estão se recuperando bem da crise. O repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) tem aumentado constantemente e o Governo Federal

Leia Mais