07/maio/2014

Vaticano investigou mais de três mil casos de abusos sexuais em uma década


Por Robson Pires, em

pedofilia igrajaA Santa Sé investigou nos últimos dez anos 3.420 casos de abusos sexual de crianças e afastou 848 padres, informou o Vaticano durante audiência nas Nações Unidas em Genebra. Dados divulgados pelo representante permanente da Santa Sé nas Nações Unidas, Silvano Tomasi, revelam que a Congregação para a Doutrina da Fé investigou durante dez anos 3.420 casos com base em “acusações credíveis”, a maioria referente ao período de 1950 a 1980.

Desses, 848 padres foram destituídos e a 2.572 foi ordenado que “vivam vida de oração e penitência”, preferencialmente em um mosteiro. “Isso não quer dizer que fiquem impunes dos crimes que cometeram. Foram todos afastados do contato com crianças”, disse Tomasi. Silvano Tomasi explicou que quando se suspeita de um caso de abuso de menores por parte de um clérigo, o bispo local “tem o dever de proteger as crianças das ações levadas a cabo pelos sacerdotes da sua diocese”.


Nenhum Comentário Até o Momento, Seja o Primeiro a Comentar!

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Quinta, 15 de Novembro de 2018


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter



Calendário

novembro 2018
D S T Q Q S S
« out    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930