Penso, logo existo...

Carteiro admite que seu chefe adulterou cédulas na Pensilvânia

Richard Hopkins, um carteiro de Erie, Pensilvânia, acusou seu chefe de instruir os funcionários a pegar e trazer as cédulas recebidas após o dia da eleição. Hopkins disse que ouviu seu chefe discutindo sobre carimbos de data anterior para fazer as cédulas parecerem ter sido coletadas em 3 de novembro, em vez de 4 de novembro ou depois.

Para que as cédulas fossem elegíveis no estado, elas precisavam ser postadas até o dia da eleição.


Robson Pires

Brasileiro Radialista e Jornalista!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *