MP e TCU questionam Clube de Descontos criado pelo governo federal

Desde o lançamento, em 22 de agosto, o edital do Ministério da Economia com chamamento público para credenciamento de empresas para modelagem e intermediação de um Clube de Descontos voltado aos servidores públicos federais está sendo alvo de questionamentos no Ministério Público Federal e no Tribunal de Contas da União (TCU).

Em meio à polêmica em curso, a pasta foi obrigada a adiar o processo por pouco mais de 20 dias. A ideia do clube é uma forma de compensar a falta de reajustes de salários e de concursos para a ocupação de vagas ociosas.

No entanto, a proposta vem recebendo várias críticas. Uma delas é da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), que pediu a suspensão do edital no Ministério Público Federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

abril 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Categorias

A busca do segundo voto no RN

Apesar das dobradinhas, os candidatos ao Senado, nas eleições deste ano, farão campanhas mais “independentes” do que de costume. Isso porque, além de conquistar seu

Leia Mais