Ministro da Justiça contesta manifesto pedindo sua renúncia do cargo

ALEXANDRE DE MORAES / PLANO NACIONAL DE SEGURANÇAO ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, respondeu na noite desta quarta-feira, por meio de sua assessoria, ao manifesto do Centro Acadêmico XI de Agosto, classificando-o como “lamentável” ao pedir sua renúncia do cargo.

“É lamentável que algumas pessoas que exerceram cargos no governo anterior e o PT tentem esconder sua incompetência na gestão de segurança pública e sistema penitenciário durante os 13 anos de gestão”, disse Moraes por meio da assessoria do ministério.

O ministro afirmou também que, em sua avaliação, opções desastradas, ineficiência na gestão e péssimo uso do dinheiro público, durante esse período, criaram a condições negativas para a grave crise aguda que hoje o país sofre. “Falassem menos e trabalhassem mais, não estaríamos nessa situação”, acrescentou o ministro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

agosto 2021
D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  
Categorias

Collor de Mello…

… Quando foi candidato a presidente da República (e ganhou) usou o mesmo discurso na campanha intitulada “O Caçador de Marajás”. Acabou sendo cassado.

Leia Mais

O tamanho da confusão

Tudo indica que em seu relatório sobre a chapa Dilma-Temer, entregue segunda-feira aos colegas do Tribunal Superior Eleitoral, o ministro Herman Benjamim pedirá a cassação

Leia Mais