Ministra Dilma Rousseff diz a Wilma de Faria que vai fazer a Barragem de Oiticica

wilma-e-dilma.jpgUma boa notícia para a região do Seridó foi dada pela Ministra Dilma Rousseff durante a audiência desta quarta feira com a Governadora do Rio Grande do Norte, Wilma de Faria: a inclusão do projeto de integração das bacias hidrográficas do Seridó no Plano de Aceleração do Crescimento, PAC.

A Ministra chegou a dizer a Governadora do RN, Wilma de Faria, que essa inclusão corrige uma injustiça com o Rio Grande do Norte, já que essa obra – que inclui entre outros projetos a Barragem de Oiticica – vai ajudar a combater a escassez de água no Seridó e é importante para o projeto de Transposição do Rio São Francisco.
Fonte da matéria: Blog Nominuto.com.

Ponto para a Governadora do Rio Grande do Norte, Wilma de Faria, e toda a bancada federal do Estado.

Ponto para os prefeitos Ivanildo Filho, de Timbaúba dos Batistas, e Juarez Bezerra, de Acarí, Presidentes das Associações dos Municípios do Seridó, e para José Lins, prefeito de Currais Novos e Presidente da Federação dos Municípios do RN, que solicitaram a inclusão da construção da Barragem de Oiticica num documento encaminhado a Governadora Wilma de Faria e entregue pelo deputado federal, João Maia.
Foto: Nominuto.com

12 respostas

  1. caro robsom e impressão minha ou preifeito de caicó nao participou dessa reunião para incluir a barragem de oiticica no pac, esse cabra ta ficando igual a caldo de batata

  2. só falta você botar que o pedido foi atendido pela ministra por causa da força do prefeito de timbauba e de Acari, ai é brincadeira.

  3. ÊITA, QUE POVO FORTE: JOÃO MAIA-DEP.FEDERAL, VIVALDO-DEP.ESTADUAL, VILMA-SENADORA, GARIBALDI-SENADOR, ROSALBA-GOVERNADORA, DILMA ROUSSEFF- PRESIDENTE. ESSES É OS MEUS VOTOS PARA 2010.

  4. Caro Robson, você poderia, por obséquio, nos informar onde será construída a barragem OITICICAS E QUAL A SUA CAPACIDADE FINAL?

  5. Agora vai. Ou não. Meu avô, quando bem jovem, trabalhou na construção da barragem. De lá para cá já se passaram décadas, e incontáveis milhões foram desviados da obra que seria a redenção hídrica do Seridó Oriental.Coarei toda a água da barragem em uma peneira de peneirar goma, se essa obra for concluída no governo de Lulla.

  6. Parabéns! É muito importante esta obra, infelizmente desde os anos 50 se arrasta sem que chegue a uma conclusão. Muito dinheiro público já foi jogado fora naquela obra, quem quiser comprovar é só visitar a comunidade “acampamento” no distrito de Barra de Santana município de Jucurutú que comprovará. Apesar de morar em São Paulo há 30 anos, nasci e passei minha infância naquela região, sempre que volto ao Rio Grande do Norte visito aquele lugar que foi, literalmente, meu berço. Só gostaria que este poder político também fosse usado para conter, imediatamente, a poluição que o rio Piranhas vem sofrendo.

  7. Mais uma vez vao meter a mao no bolso de nos
    contribuinte.desde muito anos escuto falar
    nesta construcao da barragem barra de oiticica. isto e uma vergonha!! ja gastaram
    tanto dinheiro que perderam ate as contas.
    tem que ser feita uma CPI,nao vejo a hora
    que chegue o fim do governo Lula , quem sabe
    Deus envie para terra alguem que tenha vergonha na cara, e pare com estas pilantragens que existem neste governo.

    Bezerra.
    esta cor

  8. Eureca!!!! Reportagem: Assecom/RN

    O governo já desapropriou uma área de 116,2 hectares para a construção da barragem da Oiticica, que fará um barramento no rio Piranhas/Açu. Ao ser concluída, a barragem armazenará 556,2 milhões de metros cúbicos de água e será também a peça fundamental do Eixo de Integração do Seridó.

    A barragem abastecerá um canal com 36,06 km de extensão, interligando-se com o açude público de Cruzeta, a Barragem Passagem das Traíras e o Açude Itans, em Caicó. As águas da Barragem serão destinadas a usos múltiplos, como o abastecimento humano da região, a irrigação e a piscicultura, podendo também contribuir para gerar energia elétrica na região.

    Governo contrata estudos preliminares para Barragem da Oiticica

    O governo do Rio Grande do Norte está abrindo duas licitações públicas, através da Secretaria Estadual de Recursos Hídricos, visando a construção da Barragem de Oiticica, no município de Jucurutu, na região do Seridó.

    A primeira licitação é para a contratação de serviços de consultoria para elaboração de relatório de sustentabilidade hídrica e complementação do estudo e do relatório de impacto ambiental para a implantação da Barragem Oiticica.

    A empresa a ser contratada também deverá realizar serviços de consultoria para a confecção do mosaico fotográfico da área da bacia hidráulica do reservatório de Oiticica e os serviços de cadastro de propriedades urbanas pertencentes às localidades de Barra de Santana e Carnaúba Torta, em Jucurutú.

    Aviso de licitação da Serhid informa que o prazo para execução dos serviços é de 90 dias corridos, contados da expedição da ordem de serviço. Os custos com a contratação estão orçados em R$ 135 mil e o limite do valor das propostas de preços é de R$ 148,8 mil.

    O edital será fornecido aos interessados mediante o pagamento da quantia de R$ 50,00, através de depósito bancário na conta 30.017-9, agência 3795-8 – Banco do Brasil, enquanto o recebimento e abertura dos envelopes de habilitação e propostas de preços será até às 10 horas de 02 de maio, na sala de licitações da Serhid, na rua Dona Maria Câmara, 1884, em Capim Macio.

    Já a segunda licitação objetiva a contratação de serviços de consultoria para elaboração do cadastro da área sujeita a desapropriação na bacia hidráulica da barragem Oiticica, localizada nos municípios de Jardim de Piranhas, São Fernando e Jucurutu. O prazo para execução dos serviços também é de 90 dias corridos, contados da expedição da ordem de serviço, com orçamento básico de R$ 94,7 mil e valor máximo da proposta de R$ 104,2 mil.

    A Comissão Permanente de Licitação da Serhid receberá e abrirá os envelopes de envelopes de habilitação e propostas de preços até às 10 horas do dia 04 de maio de 2005.

    No começo de abril, o secretário estadual de Recursos Hídricos, Josemá de Azevedo, esteve em Barra de Santana acompanhando a Comissão Técnica de Apoio Operacional para implantação da Barragem de Oiticica. Manteve, nesta oportunidade, um primeiro contato com os moradores residentes na área de influência do projeto.

    A área a ser diretamente afetada pela construção da barragem tem uma população de mais de mil pessoas. No distrito de Janúncio Afonso, por exemplo, são 405 pessoas residentes em 134 casas. No campo, foram identificadas 750 pessoas residentes, compreendendo 130 famílias, o que dá em média 5,7 pessoas por família. O espaço a ser desapropriado é ocupado por pequenos proprietários rurais, que receberão indenizações do Governo, com valores a serem negociados judicialmente.

    O governo já desapropriou uma área de 116,2 hectares para a construção da barragem da Oiticica, que fará um barramento no rio Piranhas/Açu. Ao ser concluída, a barragem armazenará 556,2 milhões de metros cúbicos de água e será também a peça fundamental do Eixo de Integração do Seridó.

    A barragem abastecerá um canal com 36,06 km de extensão, interligando-se com o açude público de Cruzeta, a Barragem Passagem das Traíras e o Açude Itans, em Caicó. As águas da Barragem serão destinadas a usos múltiplos, como o abastecimento humano da região, a irrigação e a piscicultura, podendo também contribuir para gerar energia elétrica na região.

    Uma emenda no Orçamento Geral da União deste ano destina R$ 8,130 milhões às obras iniciais, que já estão com os estudos de viabilidade técnica e projeto básicos concluídos.

  9. Sinceramente! Com estas informações fico preocupado e passo a desacreditar no projeto. Ora, a obra desta “barragem” se arrasta deste a década de 50, foi retomada, se não me falha a memória, entre o final dos anos 1990 início dos anos 2000, inclusive com construção de parte da estrutura básica da barragem. Agora estão falando em: …“contratação de serviços de consultoria para elaboração de relatório de sustentabilidade hídrica e complementação do estudo e do relatório de impacto ambiental para a implantação da Barragem Oiticica e contratação também para realização de serviços de consultoria para a confecção do mosaico fotográfico da área da bacia hidráulica do reservatório de Oiticica e os serviços de cadastro de propriedades urbanas pertencentes às localidades de Barra de Santana e Carnaúba Torta, em Jucurutú?

  10. Ë de lascar.. tomara que seja verdade, pois, só assim o pessoal das bandeiras não terá mais esse motivo para enganar os sertanejos que esperam segurança hídrica. Amigo, se o governo corrupto de Lula fizer esta barragem com que cara vai ficar o Sr. José Agripino que lá esteve por 8 anos com “fora FHC” e nada fez por nós.

  11. Gostaria de saber se essa terra – oiticicas – pertenceu ao velho BEMBEM, ou seja, Jose Calazâncio Dantas, meu trisavô?

  12. Caro amigo robson, gostaria de saber quais são as empresas que vão concluir essa obra que vai nos ajudar na falta de água na região.Eu moro em são paulo e sou natural de jardim de piranhas,gostaria de poder ajudar com meu esforço trabalhando nessa obra,o mesmo trabalho em uma grande obra aqui no rodo anel viàrio ?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

junho 2024
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  
Categorias