Ministério Público recomenda representantes da igreja que evitem propaganda eleitoral em São Rafael

O Ministério Público Eleitoral emite um novo alerta a representantes de Igrejas. Dessa vez a recomendação é do promotor eleitoral de São Rafael, André Nilton Oliveira. Ele emitiu uma recomendação para que os representantes de Igrejas naquela cidade evitem fazer propaganda eleitoral antecipada.

O promotor destacou que a multa para esse crime varia entre R$ 2 mil e R$ 8 mil. No ato do documento o representante do Ministério Público destaca que “que sejam instruídos todos os líderes, pastores, ministros e religiosos que façam uso da palavra em todos os templos, no sentido de que é vedada pela legislação eleitoral a veiculação de propaganda eleitoral, seja de forma verbal, seja de forma impressa, nos referidos templos, advertindo-lhes que a inobservância dessas proibições pode ensejar a aplicação de multa pela Justiça Eleitoral”.

Panorama Político

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

dezembro 2021
DSTQQSS
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 
Categorias