Ministério Púbico Federal decide receber associados da TelexFree

telexfreeO Ministério Público Federal (MPF) vai receber o grupo de associados da TelexFree, que fecharam hoje (23), durante cerca de duas horas, os acessos ao aeroporto de Brasília. Depois que MP decidiu recebê-los, os trabalhadores começaram a liberar as vias rumo ao aeroporto, e o tráfego voltou ao normal. De manhã, durante a manifestação, todos os sentidos do trânsito e as vias de acesso ao terminal ficaram congestionados. Muitos passageiros tiveram de descer dos automóveis e seguir a pé até o aeroporto para não perder os voos.

Os funcionários das empresas de marketing multinível TelexFree, BBom e Multiclique protestavam no local contra uma liminar expedida pela Justiça do Acre, que congelou as atividades da TelexFree há cerca de cinco semanas, por suspeita de exploração de um sistema comercial conhecido como pirâmide financeira, prática proibida no Brasil.

Os trabalhadores argumentam que a decisão judicial foi baseada em indícios, não em provas, e que as atividades da empresa já poderiam ter sido retomadas, pois, segundo eles, a TelexFree depositou em juízo no Acre cerca de R$ 700 mil, como forma de garantir qualquer tipo de reclamação de prejuízo por parte dos associados. “A Justiça quer proteger quem não quer e quem não precisa da sua proteção”, disse o divulgador da empresa em Goiás, Ricardo Paiva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

julho 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Categorias

Sem data e sem urgência

O recurso da decisão que anulou a eleição da vereadora Mara Costa para presidência da Câmara de Vereadores de Caicó está nas mãos do Desembargador

Leia Mais