Médicos cubanos não vieram ao Brasil por dinheiro

medicoOs primeiros médicos cubanos que desembarcaram no Brasil para participar do programa Mais Médicos, do governo federal, disseram neste sábado que não sabem quanto receberão pelo trabalho e que vieram “por solidariedade, e não por dinheiro”.

“Nós somos médicos por vocação e não por dinheiro. Trabalhamos porque nossa ajuda foi solicitada, e não por salário, nem no Brasil nem em nenhum lugar do mundo”, afirmou o médico de família Nelson Rodriguez, ao desembarcar no aeroporto internacional de Recife (PE).

À imprensa, outros médicos que deram entrevistas concordaram com o colega. Os médicos cubanos desembarcaram vestindo jaleco, com bandeiras do Brasil e de Cuba. Eles foram escoltados pelo Exército e pela Marinha. Quatro deles foram levados para uma sala e conversaram com jornalistas.

4 respostas

  1. Os primeiros médicos Cubanos, são das linhas de frente do Partido, jamais eles iam descorda da política de origem. O acordo bilateral Cuba/Brasil, deixa muita a deseja com relação salário e familiares como: esposas e filhos. Esse profissionais passarão 3(três), sem assistência de familiares?

  2. Concordo plenamente com o que este médico diz, bem, diferente da grande maioria dos médicos brasileiros, que só trabalham por grandes vantagens, aliás quase todas as classes estão assim, só pensam em vantagens mais nada de trabalhar, não ver a Puliça.

  3. Alguns médicos, estão consciente com relação salários e outros, estão com as intensões sair desse prisão vigiada vinte quatro horas. Esse acordo bilateral só vem beneficiar Cuba, os profissionais ficam na ber lina…..

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

Categorias