Médico potiguar alerta: zumbido no ouvido pode indicar diversas doenças

A sensação geralmente é a mesma: um ruído constante que a pessoa não sabe de onde vem e como acabar com ele. Em alguns casos, o incômodo é parecido com o barulho de insetos; em outros, com sons de uma cachoeira e até mesmo de vozes humanas. “O zumbido é um problema que afeta pessoas de todas as idades e que possui diversas causas, podendo ser originado por doenças fora ou dentro do ouvido”, alerta o otorrinolaringologista natalense Pedro Guilherme Cavalcanti. Este domingo, 11, é o dia nacional de combate ao problema.

Entre as causas apontadas pelo especialista estão: tumores no ouvido ou ao redor dele, estresse, problemas dentários, além de distúrbios no metabolismo, como diabetes, hipertireoidismo, colesterol e pressão alta. Mas, em cerca de 90% dos casos, Pedro Cavalcanti alerta: o zumbido está relacionado à perdas auditivas em seus diferentes níveis.

“O zumbido pode ser causado por perdas auditivas, muitas vezes mínimas, e que ocorrem devido à exposição prolongada a ruídos intensos, principalmente no trabalho”, afirmou, acrescentando que o problema também pode ser causado por por perda de audição natural com a idade, por medicamentos, excesso de cera e por outras doenças no ouvido, como inflamações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

julho 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Categorias