Médico é espancado ao alertar pessoas sobre riscos de aglomeração

medico 4 1 600x400 1 Médico é espancado ao alertar pessoas sobre riscos de aglomeração

José Eduardo Mainart Panini, médico infectologista que trabalha no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, da USP, usou as redes sociais, nesta segunda-feira (1º), para fazer um relato de agressão. Na publicação, ele aparece com um olho roxo e um ferimento na boca, que teriam sido resultados de golpes que sofreu após alertar um grupo de “pessoas conhecidas” sobre os riscos da Covid-19 no município de Toledo, no Paraná.

No relato, Panini diz: “Ao alertar os riscos a pessoas conhecidas, a resposta que me foi dada foram chutes e socos… enquanto um me segurava o outro me agredia”.

“Enfim, pessoas assim que ajudaram situação chegar onde está. O desânimo não vem. E junto com eles temos muita coisa boa, progresso, vacinas e tudo que vai fazer sairmos dessa pandemia. E aos trabalhadores da saúde muita força”, desabafa.

Até o momento, não foi divulgado quem são os responsáveis pela agressão e ainda não há informações sobre o registro de boletim de ocorrência.

Metrópoles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

abril 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Categorias

Prontos para a insurreição

Em meio a tantas e péssimas noticias neste último dia do ano, duas se destacam: o desemprego chegará a treze milhões de infelizes, em 2017,

Leia Mais