Marco Maia garante que prisões no Ministério do Turismo não prejudicarão relação com PMDB na Câmara

A prisão de 38 pessoas no Ministério do Turismo, pasta que cabe à cota do PMDB na Esplanada, não deverá atrapalhar a relação entre o partido e demais integrantes da base aliada na Câmara. A avaliação é do presidente da Casa, Marco Maia (PT-RS). “As situações, quando acontecem dessa forma, em cadeia, têm impacto no ânimo, no debate. Mas, mesmo com isso, acredito que não termos dificuldades para continuar as votações na Casa. Mesmo porque, não podemos prejulgar”, disse.

Na opinião de Marco Maia, as constantes denúncias envolvendo diversos ministérios “paralisam o Brasil nesse momento de crise econômica internacional”.

O deputado recebeu hoje integrantes da Frente Parlamentar de Combate à Corrupção. O grupo entregou diversas propostas de projetos para aumentar a fiscalização e a punição de pessoas envolvidas em corrupção. “Aumentar a punição de servidores públicos, seja do Executivo, do Legislativo ou do Judiciário, que tenham cometido algum tipo de malversação do dinheiro público e também a punição”, destacou, acrescentando que a ideia é colocar os projetos em votação neste semestre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

maio 2021
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  
Categorias