Mais três cidades cancelam gastos com carnaval; já são 16 no RN

Deu no Jornal de Hoje:

A seca – e a recomendação conjunta de órgãos de controle públicos – fez mais três cidades do Rio Grande do Norte cancelarem os gastos públicos com o carnaval. Areia Branca, Upanema e Serra Negra do Norte comunicaram que não gastarão recursos públicos com a festa. Isso significa dizer que estão suspensas as despesas com festa em 16 municípios do Rio Grande do Norte, justamente, devido à estiagem e as dificuldades financeiras delas.

No caso de Upanema, o prefeito Luiz Jairo alegou que não realizará gastos públicos com o tradicional carnaval da cidade em razão das dificuldades que está enfrentando devido às contas ou débitos que a administração anterior deixou. Em Areia Branca, a prefeita Luana Bruno decidiu cancelar a festa depois de reuniões tanto com Ministério Público do RN e do MP Junto ao Tribunal de Contas do Estado (MPJTCE).

O anúncio que a cidade não realizará o carnaval foi divulgada nesta segunda-feira, depois que o MPJTCE não acatou a proposta apresentada pela prefeita. Afinal, vale lembrar, o procurador-geral do TCE, Luciano Ramos, afirmou que os gestores precisam confirmar que os gastos com carnaval se traduzem em uma festa superavitária e, ainda, demonstrar números que comprovem isso.

Segundo Luana Bruno, ela se sentiu frustrada por não poder gastar recursos públicos, nem ter tido tempo de viabilizar parcerias com a iniciativa privada para realização o tradicional evento da cidade. Contudo, ela afirmou que os moradores de Areia Branca ainda poderão aproveitar a festa com os blocos alternativos da cidade.

Em Serra Negra do Norte o motivo foi a crise financeira da cidade, administrada pelo prefeito do PT Urbano Medeiros. Segundo ele, não haveria como justificar gastos com evento, se está faltando água para a população. A prefeitura, de acordo com Urbano já iniciou há alguns dias a Operação Pipa, tanto na cidade como na zona rural. A informação está no blog de Marcos Dantas, que dá informações sobre a região do RN.

Com o cancelamento dos gastos públicos com as festas em Areia Branca, Serra Negra do Norte e Upanema, sobe para 16 o número de municípios que a tradicional folia que vão, simplesmente, atender a recomendação conjunta do MP, MPJTCE e MP Federal. Guamaré, Almino Afonso, Felipe Guerra, Lajes e Santana do Matos foram as primeiras a comunicarem o cancelamento. Depois, foi a vez de Assu e Campo Grande seguirem a recomendação. Alexandria, São Vicente, Santa Cruz, Tenente Laurentino Cruz e Florânia também não devem gastar recursos públicos com o carnaval. Em Currais Novos, a festa vai ser apenas em clubes, viabilizada por patrocinadores e empresários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

outubro 2021
DSTQQSS
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31 
Categorias