Mais de 600 mil já foram demitidos de restaurantes e bares

Mais de 600 mil pessoas podem ter sido demitidas de bares e restaurantes com a escalada do novo coronavírus no Brasil, de acordo com projeção da ANR (Associação Nacional de Restaurantes) baseada em enquete com seus associados.

A entidade, que agrega 9.000 associados, entre grandes redes, franquias e restaurantes independentes, recebeu respostas de cerca de 70% de seus integrantes de 27 de março a 1º de abril. Identificou que 61,8% dessas empresas já demitiram.

“Estimo que esses 61% correspondem a cerca de 15% dos 20% dos funcionários da força de trabalho dos associados. Com essa estratificação, assumo que as demissões do setor no Brasil podem girar em torno de 600 mil a até 800 mil”, diz Cristiano Melles, presidente da ANR, que reúne redes como McDonald’s, China in Box, Viena e Outback.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

maio 2021
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  
Categorias

O morto-morto

Lula é um morto-vivo. Ele agora quer desenterrar o cadáver de um morto-morto: seu vice-presidente José Alencar. O Estadão diz que o PT pretende candidatar

Leia Mais

GOVERNO DO RN – Suporte forrageiro

Para a implantação de suporte forrageiro, visando o fortalecimento da pecuária leiteira, bovina e caprina do Estado, a Secretaria de Planejamento, contratou a firma RIGARE

Leia Mais

Acabou a greve da Polícia no RN

Os policiais civis e servidores da segurança do Rio Grande do Norte decidiram acatar a ordem judicial e suspender a paralisação, denominada Operação Zero e iniciada na

Leia Mais