Levantamento mostra que pelo menos 64 jornalistas morreram de COVID-19 em 24 países

Assim como profissionais da saúde e outros trabalhadores essenciais, os jornalistas enfrentam riscos graves e elevados à saúde enquanto coletam e relatam informações cruciais sobre a crise de COVID-19. A medição sobre o número de trabalhadores da mídia que sucumbiram ao novo coronavírus apresenta problemas, da mesma forma que a contagem geral de baixas, mas a organização Press Emblem Campaign (PEC), com sede em Genebra, registra pelo menos 64 mortes em 24 países até a última terça-feira (5).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes

setembro 2022
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Categorias