Lei das Saidinhas: Lula deve vetar trecho que impede preso de visitar família

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) deve vetar parcialmente a lei que proíbe a “saidinha” de presos em feriados.

Lula deve retirar do texto o trecho que impede presos de visitarem as famílias.

A orientação foi dada pela ala jurídica do governo, como o ministério da Justiça e Segurança Pública e a Advocacia-Geral da União.

A informação de que o presidente vetaria recuos da lei foi antecipada pela CNN e confirmada com fontes do governo nesta quinta-feira (11).

O ministro da Justiça e Segurança Publica, Ricardo Lewandowski, é contra o fim das saidinhas. A avaliação é de que a medida ajuda na ressocialização e no bom comportamento dos presos.

Segundo apurou a CNN, o presidente chegou a mencionar sua experiência pessoal na prisão ao sinalizar que vetaria trechos do que foi aprovado pelo Congresso.

Ele recordou da época da ditadura militar, quando o direito à saidinha para visita à família lhe era concedido e, posteriormente, em situação reversa, quando teve o pedido negado pelo ministro Dias Toffoli para participar do velório do irmão, em 2019.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

junho 2024
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  
Categorias