Legislação: modificar para mais empregar?

Em editorial, o jornal O Globo defende a reforma da legislação trabalhista e compara os contrários à mudança com radicais islâmicos.

“O pensamento dogmático, sectário, costuma resultar em violência. No universo das religiões, há os dramáticos exemplos de barbáries cometidas por frações do Islã radical, em várias partes do mundo. No Brasil e também em outros países, este tipo de fé religiosa cega, importada por grupos político-ideológicos, também obstrui aperfeiçoamentos legais favoráveis aos trabalhadores como um todo, mas denunciados como demoníacos ataques a alegados direitos trabalhistas.”

Segundo o jornal, as mudanças são necessárias e gerariam mais postos de trabalho. “Independentemente de várias medidas no campo macroeconômico, tudo o que tornar menos onerosa a criação de empregos é bem-vindo.”

Uma resposta

  1. O Governo federal e os empresários estão sedentos para retirar os direitos adquiridos pelos trabalhadores. Isto é incompetência de quem não encontra outras alternativas de capacidade e eficacia de gestão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

abril 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Categorias

Bom dia!

Nunca, que eu tenha vivido não, uma virada de Ano Novo foi tão aguardada com tanta expectativa. Aguardemos os acontecimentos, pois, em 2021, que vai

Leia Mais

Sem pregar o olho

Sérgio Cabral e sua mulher, Adriana Ancelmo, ficaram em pânico ao saber da chacina no Compaj, em Manaus. Imagine como estarão nos próximos dias, com

Leia Mais