Justiça reduz pela metade salários do prefeito, vice e secretários de Serra Negra

O juiz Gustavo Henrique Silveira Silva acatou a ação popular impetrada pelo ex-vereador de Serra Negra do Norte, Serginho Fernandes, cancelando o reajusta salarial do prefeito, vice-prefeito e secretários municipais.

Na sentença proferida, o magistrado reconhece que o projeto que originou a Lei nº 556/2012 apresentava vício formal, sendo vetado pelo então prefeito Rogério Mariz. “Pelo exposto, defiro o pedido de antecipação de tutela para determinar a suspensão imediata dos efeitos da Lei Municipal nº 556/2012, até ulterior deliberação deste juízo”, descreveu em sua decisão.

Serginho Fernandes alegou na ação que Rogério Mariz havia vetado o projeto antes do pleito eleitoral de 2012, mas uma semana depois do resultado favorável ao seu candidato, Urbano Faria, ele retirou o veto e sancionou a lei. O atual prefeito voltará a ganhar seis mil reais, enquanto o vice três mil e os secretários 1.250 reais. Pela lei, os agentes públicos tiveram seus vencimentos dobrados.

Uma resposta

  1. Vá pra frente meu Brasil. Cada vez mais a política me desanima. Porque achava que Rogério Mariz era correta, não administrava beneficiando ninguém, mais depois dessa notícia eu desacredito cada vez mais nos políticos. Dobrar em 100% os salários Rogério? e ainda depois da eleição mudar a decisão? BRASILLLLLLLLLL!!!!!!!!!!!!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

junho 2024
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  
Categorias