Justiça decreta prisão preventiva de suspeitos de desvios no Idema no RN

idema agoraA Justiça do Rio Grande do Norte decretou nesta sexta-feira (4) a prisão preventiva de dois suspeitos de integrar um esquema criminoso que teria desviado mais de R$ 19 milhões do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema). O ex-diretor administrativo do órgão, Gutson Johnson Giovany Reinaldo Bezerra, e Renato Bezerra de Medeiros, que segundo o MP agia como laranja no esquema, foram presos na operação Candeeiro, deflagrada na quarta-feira (2) pelo Ministério Público Estadual.

Gutson Bezerra está preso no Quartel do Comando da Polícia Militar, no bairro Tirol, enquanto Renato Medeiros está preso no Centro de Detenção Provisória da Ribeira, na Zona Leste de Natal. O ex-diretor administrativo do Idema é filho de Rita das Mercês, ex-procuradora-geral da Assembleia Legislativa do RN. Rita foi presa no dia 20 de agosto na operação Dama de Espadas por suspeita de desvio de recursos públicos na AL. Ela foi solta três dias depois por força de um habeas corpus.

No total cinco pessoas foram presas. Nesta sexta, dois suspeitos foram soltos. O ex-diretor financeiro do Idema, Clebson José Bezerril, e o funcionário do setor de contabilidade, João Eduardo de Oliveira Soares, deixaram o CDP da Ribeira sem falar com a imprensa. De acordo com o MP, os alvarás de soltura foram concedidos aos dois por eles terem contribuído com as investigações. O quinto preso na operação é o empresário Antônio Tavares Neto, que se encontra custodiado no CDP da Ribeira.

G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

março 2021
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Categorias

Calada!

A coordenadora de campanha do candidato a prefeito de Natal (RN) Senador Carioca de nome estranho Jean-Paul Prates, deputada federal Natália Bonavides ainda não disse

Leia Mais