Justiça condena ex-secretário da Semsur e mais cinco por corrupção e fraude em licitação da decoração em Natal

O juiz Francisco Pereira Rocha Júnior, integrante do Grupo de Apoio às Metas do CNJ, julgou procedente, em primeira instância, denúncia do Ministério Público Estadual e condenou seis pessoas pela prática dos crimes de fraude à licitação e de corrupção envolvendo a contratação, em 2011, da empresa ENERTEC Construções e Serviços LTDA pela Secretaria Municipal de Serviços Urbanos de Natal (Semsur) para a execução dos serviços de decoração natalina da cidade, no montante de R$ 3,75 milhões. O processo tramitava na 9ª Vara Criminal de Natal.

Foram condenados Maurício Ricardo de Moraes Guerra e Jorge Cavalcanti de Mendonça e Silva, na condição, respectivamente, de sócio-administrador e sócio-gerente da empresa; o então secretário municipal de Serviços Urbanos (Semsur), Cláudio Porpino; o então secretário adjunto da Semsur, Mounarte Leitão de Medeiros Brito; o ex-secretário adjunto de operação da Semsur, Salatiel de Souza; e o então diretor do departamento de iluminação pública da Semsur, João Maria Gomes.

Confira matéria completa no Justiça Potiguar

Uma resposta

  1. Xerife, Gláucio Porpino foi nomeado recentemente secretário de esportes em Natal, acho que o prefeito Álvaro Dias deve exonerar ele!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

janeiro 2021
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  
Categorias

Ficou somente na ameaça

O deputado estadual Kelps Lima (SD) ameaçou expulsar os vereadores Paulinho Freire (SD) e Eudiane Macedo (SD), por serem da base do prefeito Carlos Eduardo

Leia Mais

Ensaio

As falas de FHC, Aécio Neves, Geraldo Alckmin e Eunício Oliveira em defesa da separação do “joio do trigo” foram vistas como um aperitivo do

Leia Mais