Juristas vão apresentar novo pedido de impeachment a Cunha na sexta-feira

Líderes oposicionistas informaram hoje (13) que novo pedido de impeachment contra a presidenta Dilma Rousseff será apresentado na sexta-feira (16), como resultado da reformulação do que foi entregue pelos juristas Hélio Bicudo, Miguel Reale e Janaína Pascoal e que aguarda análise do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), para evitar que seja submetido à decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de suspender o rito definido por Cunha para o impeachment.

“As oposições formularam uma questão de ordem ao presidente da Casa e essa questão de ordem foi por ele respondida. O que o STF fez hoje foi suspender as respostas dadas pelo presidente Eduardo Cunha. Uma das questões [de ordem]que fizemos é se cabia o aditamento [aos pedidos de impeachment] e a resposta, à época, foi que sim, poderia haver. Com a decisão do supremo, essa decisão [de Cunha] ficou suspensa”, disse o líder do PSDB Carlos Sampaio (SP), acompanhado pelos líderes do PPS, Rubens Bueno (PR), do SD, Paulinho da Força (SP) e da minoria, Bruno Araújo (PSDB-SP).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

janeiro 2022
DSTQQSS
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031 
Categorias

A educação em greve

Professores das redes estaduais de seis estados estão em greve, segundo a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE). Os estados que estão paralisados são

Leia Mais