A juíza eleitoral Érika Paiva, que assumiu a vaga do juiz Ricardo Tinoco no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RN), negou o recurso da defesa de Kerinho que pedia efeito suspensivo do acórdão do julgamento da Corte que determinou a retotalização de votos que tornará Fernando Mineiro deputado federal no lugar de Beto Rosado.

Segundo a magistrada, “frise-se, ademais, que o caso dos autos, como assentado no acórdão e amplamente discutido na sessão de julgamento, trata pura e simplesmente de análise de requerimento de registro de candidatura, não se enquadrando nas hipóteses de cassação de registro, afastamento de titular nem de perda de mandato eletivo, exceções à regra comum, as quais permitem o recebimento dos recursos com efeito suspensivo”.

É aguardada pela defesa de Mineiro a retotalização dos votos a qualquer momento.

Saiba mais no: https://justicapotiguar.com.br/index.php/2021/01/27/juiza-erika-paiva-nega-recurso-de-kerinho-contra-acordao-que-deve-tornar-mineiro-deputado-federal/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *