Jucá pede desculpas por citar ‘suruba’ e diz que se referia a música dos Mamonas

IMG_6446

O líder do governo no Congresso, senador Romero Jucá (PMDB-RR), pediu desculpas nesta terça-feira, 21, por ter usado o termo “suruba selecionada” ao se referir à proposta de restringir o foro privilegiado para processos judiciais envolvendo agentes públicos. “Se acabar o foro, é para todo mundo. Suruba é suruba. Aí é todo mundo na suruba, não uma suruba selecionada”, disse.

A afirmação de Jucá – investigado na Operação Lava-Jato – foi uma reação à proposta em debate no Supremo Tribunal Federal (STF) de restringir o alcance da prerrogativa dos políticos ao mandato em exercício. Caso a medida avance, o peemedebista defende abranger integrantes do Judiciário e do Ministério Público. A proposta em discussão é que o direito só valha para denúncias de crimes praticados durante o exercício do mandato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

abril 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Categorias

Isolda joga culpa para Robinson

Segundo a deputada estadual Isolda Dantas (PT), todos os problemas que existem no Estado são culpa da gestão passada. Em 100 dias, a governadora Fátima

Leia Mais

Walter Alves na Cultura

A convite do prefeito Júnior Marques, o deputado federal Walter Alves (PMDB-RN) prestigiou, na noite de ontem (25), da 5ª edição da Festa da Cultura

Leia Mais

Não foi, Vivaldo!?

Ei, psiu! Não esqueçam não! O deputado estadual Vivaldo Costa foi cabo eleitoral do ex-ministro Henrique Eduardo Alves nas eleições passadas.

Leia Mais